MARIANO BARONE

Nasceu em 1985, Santa Fé, Argentina

Vive e trabalha em São Paulo

Graduando em Artes Visuais pela UNESP, participou em 2017 do 43º Salão de Arte de Ribeirão Preto, das exposições coletivas "Também foi nevoeiro" (Espaço BREU, São Paulo – SP), "Novas Poéticas" (Galeria Cañizares, Escola de Belas Artes da UFBA, Salvador - BA) e "À Sombra do comum" (Galeria Andrea Rehder, São Paulo – SP), assim como da exposição "BFF", no Instituto de Artes da Unesp (São Paulo – SP).

 

Mariano parte do desenho como ferramenta para a construção de uma iconografia pessoal, a qual fornece um repertório formal que é utilizado em outras mídias como a pintura e a serigrafia.

 

“Dificilmente pode-se classificar os trabalhos de Mariano, criados por um gesto que congrega o aleatório e o instável. Uma ação semelhante à dinâmica que se encontra com frequência no espaço urbano, especialmente por suas características entrópicas. Suas obras deixam muitas dúvidas, ‘será que estão prontas?’, ‘são obras de arte ou posso no descartá-las?’.”

 

-Sérgio Romagnolo. Trecho do texto curatorial da exposição “À sombra do comum” (São Paulo, 2017)

EXPOSIÇÕES

Coletivas

2017 - 43º SARP

Museu de Arte de Ribeirão Preto (Ribeirão Preto)

 

2017 - Também foi nevoeiro

Espaço BREU (São Paulo)

 

2017 - Novas Poéticas

Galeria Cañizares, Escola de Belas Artes da UFBA (Salvador)

 

2017 - BFF, dupla com André Barion

Galeria Alcindo Moreira Filho, Instituto de Artes da UNESP (São Paulo)

 

2017 - À sombra do comum

Galeria Andrea Rehder (São Paulo)


 

Residências

 

2016 - Atelier 13 Silkscreening Lab (Santa Fe, Argentina)

 

2016 - Residência L.O.T.E., Fundação Marcos Amaro (Itu)

 

2017 - Residência L.O.T.E., Fazenda Serrinha (Bragança Paulista)

OBRAS

Delphino's Parade, 2017
acrílica, papel, spray, fita e plástico,
200 x 160 cm
Zombies are good for your health, 2017
acrílica, papel, spray, fita e plástico,
170 x 128 cm
Ape shall not kill Ape, 2017
acrílica, spray, carvão, pigmento industrial, madeira e plástico,
226 x 206 cm
Cyprus La Colina, 2017
carvão, látex, acrílica e spray s/ tela
167 x 196 cm
Killers' beach, 2017
bastão oleoso, látex, acrílica e spray s/ tela,
170 x 210 cm
Nagaina (díptico), 2017
silkscreen, acrílica e látex s/ tela,
30 x 40 cm
Botchla (díptico), 2017
acrílica e látex s/ tela,
100 x 160 cm
Linus 93 (díptico), 2017
silkscreen, acrílica e látex s/ tela,
30 x 40 cm
Mostrar Mais